Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Fox Sports terá streaming sem assinatura de TV paga


Fox+ dará mais uma possibilidade de mídia para o brasileiro na Copa do Mundo



A Fox lançou nesta terça-feira (3) um novo serviço de streaming do grupo de comunicação, sem a necessidade de contrato com operadoras de televisão paga. A iniciativa incluirá o Fox Sports, e a Copa do Mundo ganhará mais uma possibilidade de mídia para o público brasileiro: todos os jogos poderão ser acompanhados por dispositivos móveis, computadores e aparelhos de TV com Apple TV ou Chromecast.
Dessa maneira, a Fox se desliga do discurso de proximidade com os provedores de televisão paga. No Brasil, o SporTV tem mantido oficialmente a diretriz de não se desassociar das empresas do tipo, por razões que vão desde o relacionamento com as companhias até a necessidade de criação de um canal direto de venda.
O novo serviço da Fox, chamado de Fox+, ainda não está totalmente independente. Ainda que o consumidor não precise de uma conta de televisão paga com a emissora, a ferramenta funcionará em parceria com as operadoras de internet de banda larga e de telefonia móvel. Para a emissora, isso excluirá a necessidade de formatação de um canal de venda; a cobrança será feita pela empresa de telecomunicação.
O modelo é parecido com o que adotou a ESPN no país. Em julho de 2017, a emissora lançou uma parceria com a Oi para ceder parte de seu conteúdo via streaming a assinantes de banda larga. O plano da empresa é expandir essa possibilidade para outras companhias do ramo ao longo dos próximos meses.
Para a Fox, o esporte entra como um diferencial entre seus principais concorrentes. O canal oferecerá no Fox+ suas produções próprias, como os seriados Homeland e The Walking Dead. A empresa já tem retirado conteúdo da Netflix, que passa a ser um concorrente de forma ainda mais direta. No Brasil, a HBO também lançou uma plataforma semelhante, sem a necessidade de televisão a cabo. Nesse cenário de diversos produtores de conteúdo, a emissora conta com produções ao vivo como forma de se afastar de outras marcas. É o caso da Copa do Mundo.
A iniciativa não é uma total novidade para a Fox. Nos Estados Unidos, o Fox Sports Go está veiculado à assinatura de televisão paga, mas há um serviço específico para o futebol que pode ser adquirido de forma independente, o Fox Soccer Match Pass. No México, há um formato semelhante ao que foi lançado no Brasil, criado há apenas um mês.
O Fox+ deverá iniciar as operações no mercado nacional no fim de abril, com 11 canais do Grupo Fox. A assinatura custará R$ 34,90, com direito a degustação gratuita por sete dias.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/fox-sports-tera-streaming-sem-assinatura-de-tv-paga_34261.html#ixzz5BhuQhdvA

0 comentários :

Postar um comentário