Cabeçalho

Logotipo

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Com patrocinadores, Gabriel Jesus exporta Jardim Peri


Guaraná e Adidas usam história do atleta em periferia paulistana para ações no exterior

A foto icônica de Gabriel Jesus pintando uma rua no Jardim Peri, bairro da periferia de São Paulo, às vésperas da Copa do Mundo de 2014, divulgada pelo próprio jogador em suas redes sociais, motivou seus patrocinadores a reproduzirem o ato e exportarem o Peri para o mundo pré-Copa de 2018.
Um painel gigante de Gabriel Jesus no meio do Jardim Peri é parte da campanha que a Adidas preparou com o jogador para esta Copa. O camisa 9 da seleção brasileira é a grande aposta da marca para o país e, também, um dos principais nomes que a empresa apoiará nesse Mundial, ao lado de Lionel Messi e Salah, do Egito.
“É a história de sair das ruas em 2014 e chegar ao estrelato em 2018 . Em 2014, tem a foto emblemática dele pintando as ruas e, agora, são as ruas que pintam ele”, disse Bruno Almeida, gerente de comunicação da Adidas, ao “Estadão”.
Essa história, aliás, também servirá e mote para ação de outro patrocinador de Jesus. O Guaraná Antarctica levará o Jardim Peri para Manchester, cidade em que ele atua. No começo de junho, entra no ar uma campanha em que torcedores do Manchester City desenham, numa rua da cidade, um painel em homenagem a ele.
“Mais do que esperança para o hexa, Gabriel Jesus representa essa paixão do brasileiro pela seleção e, por isso, recriar a cena do Jardim Peri é uma forma de homenagearmos sua história e mostrar que estamos ao seu lado na caminhada pelo título”, explicou Felipe Ghiotto, diretor de marketing do Guaraná Antarctica.
“Reviver em Manchester a lembrança de pintar a rua com a minha família no Jardim Peri é uma cena que me motiva a jogar pelas minhas origens e que vai ficar guardada na minha memória”, declarou em nota o atacante.
As ações têm servido para exportar a história do Jardim Peri para o mundo. No ano passado, quando começou a ganhar popularidade no City, Gabriel Jesus assinou um texto para o site “The Player’s Tribune” em que contava a história de seu nascimento para o futebol. Nele, o jogador explicava para o mundo de onde ele tinha surgido e relembrava a história da rua pintada antes da Copa. Além disso, dizia que o gesto de comemorar os gols com um sinal de que estava falando ao telefone era uma forma de homenagear a sua mãe, que sempre queria notícias dele.
Agora, como um dos protagonistas do time nacional, Gabriel Jesus e o Jardim Peri tentam exportar a história de que é importante acreditar nos seus sonhos.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/com-patrocinadores-gabriel-jesus-exporta-jardim-peri_34582.html#ixzz5GQzgDqH8

0 comentários :

Postar um comentário