Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Copa ajuda, e Museu Seleção Brasileira bate recorde de público


O dia 6 de junho foi o que mais recebeu visitantes em mais de quatro anos

A empolgação da torcida brasileira com a disputa da Copa do Mundo da Rússia está rendendo frutos para o Museu Seleção Brasileira, inaugurado em 18 de março de 2014 no Rio de Janeiro. Pouco antes do início do Mundial, no dia 6 de junho, o local bateu seu recorde de público: 507 visitantes estiveram presentes no Museu.

O sucesso vem sendo garantido também graças a uma parceria da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) com a rede de ensino público do Rio de Janeiro. Apenas no dia em que o recorde foi batido, 249 alunos de escolas públicas cariocas foram ao Museu.
A visita começa no saguão da sede da CBF já com uma série de atrações, como um vídeo que mostra as principais conquistas da seleção brasileira ao longo da história do futebol. Ao longo do passeio, que costuma ter 1h30 de duração, o visitante pode ver um vasto acervo que conta com atrações multimídia e diversos objetos históricos, como troféus, bolas e camisas.
Para se ter uma ideia, apenas na seção Galáxia de Troféus, são mais de 200 peças expostas, entre conquistas das seleções principais masculina e feminina, e também das categorias de base. Já na seção Passeio dos Campeões, uma tela com cerca de 1400 estrelas representa os jogadores convocados em toda a história da seleção.
Entre as atrações multimídia, um óculos de realidade virtual permite ao visitante “entrar” no vestiário e depois no campo com os jogadores da seleção. E, no final, a loja oficial do Museu ainda vende camisas, souvenirs e produtos exclusivos para os fãs.
Para quem quiser visitar, o Museu Seleção Brasileira fica na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Os ingressos custam R$ 20 (R$ 10 a meia-entrada), e o local possui estacionamento gratuito. O horário de funcionamento é das 10h às 18h todos os dias da semana.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/copa-ajuda-e-museu-selecao-brasileira-bate-recorde-de-publico_34796.html#ixzz5JB54Kabj



0 comentários :

Postar um comentário