Cabeçalho

Logotipo

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Presença de Neymar dá impulso, e direitos de TV sobem 59% na França


Perda dos principais pacotes é golpe significativo no tradicional Canal Plus


A Liga Profissional de Futebol da França (LFP) anunciou durante uma conferência em Paris como ficaram divididos os pacotes de direitos nacionais de transmissão da Ligue 1 (Campeonato Francês) para o período que compreende as temporadas de 2020/2021 a 2023/2024.
O que mais chamou a atenção no anúncio foi o aumento substancial dos valores, que chegaram a 1,15 bilhão de euros por temporada, um crescimento impressionante de 59% em relação ao acordo atual, fechado para o período entre 2016/2017 e 2019/2020 com a BeIN Sports e o Canal Plus por 726,5 milhões de euros por temporada.
Entre os fatores responsáveis, a mídia francesa coloca a chegada de Neymar ao Paris Saint-Germain, que alavancou a audiência e o interesse pelo futebol dentro do país e também mundo afora. Os novos valores tentam capitalizar em cima do boom criado pelo astro brasileiro.
Entre as interessadas, a BeIN Sports, emissora de TV por assinatura, e a Mediapro, agência espanhola de direitos esportivos, ficaram com os melhores pacotes. Dos sete comercializados, a Mediapro ficou com o primeiro, o segundo e o quarto, enquanto a BeIN Sports conseguiu o terceiro. O grupo francês de telecomunicações Free comprou o sexto. O quinto e o sétimo ainda não foram comercializados, o que deve aumentar ainda mais os valores totais da venda dos direitos.
Recentemente, a LFP havia divulgado os sete pacotes, sendo quatro principais (que envolvem os direitos dos dez jogos de cada rodada ao vivo) e três considerados menores (que incluem direitos digitais e programas com melhores momentos e destaques).
A compra maciça por parte da BeIN Sports e da Mediapro, que já se uniram para conquistar os principais direitos de transmissão do futebol na Espanha, é um golpe significativo no Canal Plus, emissora de TV paga famosa por tradicionalmente passar a Ligue 1. No atual contrato, o canal é dono dos dois principais pacotes.
Como mais uma novidade para o próximo período, a LFP decidiu olhar com mais atenção para o mercado asiático, assim como vêm fazendo muitas entidades, clubes e marcas espalhadas pelo mundo. Pensando assim, criou um horário aos domingos que pretende atrair o público da região para alavancar ainda mais a audiência do futebol francês.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/presenca-de-neymar-da-impulso-e-direitos-de-tv-na-franca-sobem-59_34652.html#ixzz5HfqryBoI

0 comentários :

Postar um comentário