Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Facebook fecha primeiro acordo com Premier League para países asiáticos


Gigante das redes sociais transmitirá torneio para Tailândia, Vietnã, Laos e Camboja

Após perder a “briga” para transmitir a Premier League no streaming com exclusividade para Reino Unido e Irlanda para a Amazon, o Facebook conseguiu uma vitória e fechou seu primeiro contrato com o torneio inglês. O gigante das redes sociais fez um acordo e transmitirá as temporadas 2019/2020, 2020/2021 e 2021/2022 da Premier League para quatro países asiáticos: Tailândia, Vietnã, Laos e Camboja. As informações são do jornal britânico The Times.

Segundo a publicação, o Facebook venceu a concorrência de BeIN Sports e Fox Sports Asia e fechou o acordo por 200 milhões de libras. Os valores oficiais, no entanto, não foram divulgados.
O pacote de direitos inclui todos os 380 jogos da Premier League disputados a cada temporada e, dessa forma, se torna um dos melhores contratos já fechados pelo Facebook no mercado esportivo até hoje. A notícia vem à tona apenas uma semana após a empresa ter fechado outro grande negócio no Brasil: os direitos da Liga dos Campeões para TV aberta nas próximas três temporadas.
Antes, a empresa de Mark Zuckerberg já havia comprado um dos pacotes de mídia da Libertadores, por exemplo, o que lhe dará o direito de transmitir todos os jogos de quinta-feira da competição sul-americana. Além disso, a rede social também comprou os direitos para exibir a Liga dos Campeões para o continente sul-americano.
Pelo lado da Premier League, fica claro que a competição está cada vez mais interessada em vender seus direitos para o streaming. Isso porque a renda total de direitos domésticos da Premier League caiu significativamente para o próximo triênio em comparação aos acordos atuais.
O CEO da liga, Richard Scudamore, chegou a dar declarações de que espera que o déficit seja compensado pelas vendas de direitos de mídia no exterior. A Ásia parece um mercado cada vez mais promissor nesse sentido.





0 comentários :

Postar um comentário