Cabeçalho

Logotipo

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Campeão, Mbappé bate Neymar, CR7 e Messi nas redes sociais na Copa


Atacante francês foi o que mais adicionou seguidores às mídias sociais no torneio



Todos os milhões de espectadores que acompanharam a Copa do Mundo de 2018 ao redor do mundo estão cansados de saber que a Kylian Mbappé foi o principal destaque da seleção francesa que sagrou-se bicampeã mundial na Rússia. No entanto, um relatório produzido pela KPMG Football Benchmark, plataforma de análise de negócios do futebol, mostrou que a joia do Paris Saint-Germain alcançou bem mais do que se imaginava antes do torneio.
De acordo com o relatório, Mbappé acrescentou 6,7 milhões de seguidores à suas mídias sociais durante a disputa da Copa do Mundo. O francês ficou no topo da lista, seguido por Neymar (6 milhões), Cristiano Ronaldo (4,9 milhões), Philippe Coutinho (4,6 milhões) e Marcelo (3,2 milhões).
Outros dois franceses, Antoine Griezmann e Paul Pogba, ambos com 2,9 milhões de seguidores a mais aparecem em seguida. Lionel Messi ficou apenas em oitavo, com 2,8 milhões. James Rodríguez (2,6 milhões) e Mohamed Salah (2,4) completam o Top 10.
No Twitter, por exemplo, a postagem de maior repercussão de Mbappé alcançou 918 mil engajamentos. Para se ter uma ideia, o número que chegou mais perto foi de um post de Cristiano Ronaldo, com 560 mil engajamentos.
“Em outras redes sociais, como o Instagram, plataforma que tem crescimento mais rápido, o nível de engajamento foi ainda maior. As reações aos posts de Mbappé (4,8 milhões) e Griezmann (4 milhões) logo após a final da Copa do Mundo são uma indicação clara disso”, afirmou o relatório.
Apesar da liderança incontestável no período da Copa, a análise deixa claro também que Mbappé ainda segue muito longe das três grandes estrelas do futebol mundial no geral. Enquanto Mbappé soma agora 16,9 milhões de seguidores, CR7 (330 milhões), Neymar (200,5 milhões) e Messi (185,6 milhões) permanecem completamente isolados no Top 3.
Entre os países, o destaque também foi a França, que acrescentou 1,7 milhão de seguidores nas mídias sociais durante o Mundial. O Top 10 é completado por Brasil (1,3 milhão), México (1,1 milhão), Inglaterra (1,1 milhão), Argentina (900 mil), Portugal (800 mil), Alemanha (700 mil), Rússia (600 mil), Espanha (600 mil) e Colômbia (500 mil).
O relatório ainda chama atenção para um crescimento importante de países que, antes do Mundial, tinham bases pequenas de seguidores.
“Não é de surpreender que equipes menos célebres no mundo do futebol dominem o crescimento relativo, com países como Rússia, Croácia e Suécia aumentando sua base de seguidores em 63%, 43% e 30%, respectivamente”, revelou a plataforma.
Por último, a KPMG Football Benchmark também destaca que não foram apenas jogadores e seleções que apresentaram crescimento em suas mídias sociais na Copa. A Fifa, por exemplo, lançou uma hashtag (#FIFAStadiumDJ), uma espécie de concurso para votação de músicas, que se tornou a postagem mais retuitada da entidade na história.
Outro que cresceu exponencialmente foi o presidente da França, Emmanuel Macron, que teve mais de 146 mil curtidas e 42 mil retuítes em uma postagem de agradecimento à seleção de seu país pelo bicampeonato mundial.
Fonte: Máquina do Esporte

0 comentários :

Postar um comentário