Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Para internacionalizar marca, LaLiga fará partida inédita nos EUA


Liga espanhola de futebol fechou acordo de 15 anos na América do Norte



Você já imaginou assistir a um jogo do Real Madrid ou do Barcelona em um estádio nos Estados Unidos? Pois é exatamente isso que deve acontecer em breve. A LaLiga assinou uma parceria de 15 anos com a Relevent, multinacional de mídia, esportes e entretenimento, com o objetivo de internacionalizar sua marca e chegar ao mercado americano, considerado primordial para a desejada expansão.
De acordo com a imprensa americana, a Relevent foi escolhida após um longo processo que durou cerca de um ano e meio. A empresa tem como dono o empresário Stephen Ross, que também é proprietário do Miami Dolphins, franquia que disputa a NFL. Por esse motivo, há grandes possibilidades do estádio do Dolphins ser escolhido para sediar o primeiro jogo da história da LaLiga a ser disputado fora da Espanha.
Como o acordo foi feito de olho na América do Norte como um todo, o Canadá corre por fora na tentativa de abrigar a partida. A imprensa americana, no entanto, destacando o fato do contrato ser de 15 anos, fala em um rodízio de estádios caso a ideia dê certo. Não há informações sobre quando seria a partida, muito menos os clubes envolvidos.
“Este é o próximo passo gigantesco na crescente popularidade do futebol na América do Norte. Esse relacionamento único criará novas oportunidades para milhões de fãs de futebol norte-americanos experimentarem o mais apaixonado, excitante e mais alto nível de futebol do mundo”, afirmou Stephen Ross, em entrevista à ESPN.
“Estamos empenhados em aumentar a paixão pelo futebol em todo o mundo. Esse acordo inovador certamente dará um grande impulso à popularidade do esporte nos EUA e no Canadá. A Relevent encheu estádios nos EUA com a International Champions Cup (torneio de pré-temporada que acaba de ser realizado e é organizado pela empresa), e estamos entusiasmados em fazer parceria com eles nesta missão conjunta. Se na NBA e na NFL eles jogam partidas fora de seus países, por que não fazer isso com a liga espanhola?”, declarou Javier Tebas, presidente da LaLiga.
O novo empreendimento será chamado de LaLiga North America e terá como comandante Boris Gartner, ex-chefe de estratégia da Televisa. A organização representará a liga nos EUA e no Canadá em todas as atividades relacionadas a negócios e desenvolvimento, inclusive vendas de direitos de transmissão na América do Norte após o término do atual contrato com a BeIN Sports.
Fora de campo, a LaLiga ainda utilizará outras estratégias para expandir sua marca no novo continente, entre elas o estabelecimento de academias de futebol para crianças e jovens, desenvolvimento de treinadores de futebol juvenil, acordos de marketing, ativações com consumidores e jogos de exibição.
Fonte: Máquina do Esporte


0 comentários :

Postar um comentário