Cabeçalho

Logotipo

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

FPF leva Outubro Rosa para estádios em cinco cidades


São Paulo, Santos, Campinas, Ribeirão Preto e Araraquara terão exame de mamografia




A Federação Paulista de Futebol anunciará nesta sexta-feira (28) uma parceria com as ONGs Américas Amigas e Meninas de Peito para realizar exames de mamografia durante o mês de outubro em estádios de cinco cidades: São Paulo, Santos, Campinas, Ribeirão Preto e Araraquara.
A partir do dia 4 de outubro, o entorno dos estádios de São Paulo, Santos, Guarani, Ponte Preta, Botafogo e Ferroviária receberão o programa "Marque Esse Gol", que procura prevenir o câncer de mama a partir de exames preventivos realizados durante o Outubro Rosa, mês que é usado para campanhas de conscientização de combate à doença.
Nestes estádios, funcionará a unidade móvel de atendimento à mulher, com caminhões que ficarão dois dias na frente de cada estádio, equipados para realizar mamografias e exames complementares gratuitos, mediante agendamento prévio.
"A campanha 'Marque Esse Gol' definitivamente já integra o calendário de ações sociais da FPF e do Outubro Rosa. A FPF tem orgulho de defender esta causa", disse Robson Silveira, diretor de marketing da entidade que, pelo terceiro ano seguido, realiza o evento.
Em 2016, a campanha realizou 777 mamografias durante o mês de outubro e teve como resultado a detecção e diagnóstico de oito casos de câncer de mama que foram encaminhados para tratamento. No ano passado, as unidades móveis realizaram 847 mamografias durante a campanha, com oito casos de câncer diagnosticados.
“Com isso, conseguimos mostrar que o diagnóstico precoce leva à cura. E esse é nosso maior desafio”, afirmou Nátali de Araújo, voluntária da ONG Meninas do Peito.
Além dos caminhões no entorno dos estádios, a campanha também terá a participação direta dos atletas: jogadores dos times estão apoiando a ação, recebendo mulheres ligadas às ONGs nos CTs e gravando vídeos de conscientização sobre o tema.
As mulheres interessadas em realizar o exame em uma das unidades móveis devem se inscrever por meio do site. As selecionadas receberão um e-mail de confirmação com data e horário do agendamento. Além da mamografia, os caminhões também poderão realizar exames de ultrassom diagnóstico, caso necessário.
Confira as datas e locais em que as unidades funcionarão:
4 e 5 de outubro – Morumbi (São Paulo)
9, 10 e 11 de outubro – Vila Belmiro (Santos)
15 e 16 de outubro – Brinco de Ouro da Princesa (Guarani / Campinas)
17 e 18 de outubro – Moisés Lucarelli (Ponte Preta / Campinas)
22 e 23 de outubro – Santa Cruz (Botafogo / Ribeirão Preto)
25 de outubro – Arena da Fonte (Ferroviária / Araraquara)

Fonte: Máquina do Esporte


Botafogo-SP vende naming rights de parte do Estádio Santa Cruz


Clube do interior paulista fechou contrato com a concessionária Eurobike



Botafogo-SP anunciou nesta sexta-feira (28) que vendeu os naming rights de um setor do Estádio Santa Cruz para a concessionária Eurobike, especializada em carros considerados premium. As informações são da ESPN.
De acordo com a publicação, o acerto foi feito por Adalberto Baptista, ex-diretor de futebol do São Paulo, que é investidor do clube de Ribeirão Preto por meio de sua empresa, a Trex Holding. Atualmente, o Botafogo-SP é uma sociedade anônima (S/A) e tem seu futebol administrado pelo próprio clube (60%) e pela Trex Holding (40%).
No final do primeiro semestre, um dos primeiros projetos da S/A foi começar a reforma de um setor do estádio. É exatamente esta parte reformada que será chamada de Arena Eurobike, com o logotipo da concessionária na entrada. A duração e os valores do contrato não foram revelados.
Ainda de acordo com a ESPN, a arena será um espaço multiuso, com palco para shows e 39 camarotes, além de bares e restaurantes. Dois contratos já foram fechados: um com a choperia Seu Tibério e o outro com a rede americana Hard Rock Café.
A previsão é de que o setor esteja pronto para receber o público em janeiro de 2019, antes da estreia no Campeonato Paulista. O acordo de naming rights ainda serve como comemoração pela conquista da vaga à Série B conquistada pelo Botafogo-SP ao chegar às semifinais da Série C este ano e também pelo centenário do clube, que será comemorado no próximo dia 12 de outubro com um baile de gala.
Fonte: Máquina do Esporte

Conmebol troca MP&Silva por Dentsu na Copa América


Agência japonesa assume lugar após mais uma rescisão de contrato da MP&Silva


A Conmebol divulgou em seu site nesta sexta-feira (28) que a agência japonesa Dentsu será responsável pela prestação de serviços de consultoria e marketing, vendas e pós-vendas da Copa América 2019. Os ativos a serem comercializados incluem patrocínio, televisão, licenciamento e hospitalidade, entre outros.
De acordo com a entidade, a oferta apresentada pela Dentsu foi aprovada por unanimidade pelo Conselho da Conmebol. A agência japonesa substituirá a MP&Silva, que passa por sérios problemas financeiros e teve o contrato rescindido. É o quinto grande acordo que a MP&Silva perde nos últimos meses.
A Dentsu possui mais de 40 anos de experiência na indústria de esportes e entretenimento. Entre as competições internacionais que já esteve envolvida estão Jogos Olímpicos, Mundial de Clubes da Fifa e Major League Baseball (MLB).
"Temos o prazer de anunciar nossa nova parceira Dentsu para consultoria e marketing de ativos da Copa América 2019. Sua vasta experiência no mundo dos negócios de esportes permitirá que este torneio seja um sucesso e contribua para o desenvolvimento do futebol sul-americano", declarou José Astigarraga, secretário geral da Conmebol.
"Estamos muito honrados em ter a oportunidade de representar os direitos comerciais da Copa América, um dos mais prestigiados eventos de futebol do mundo. Estamos ansiosos para começar a trabalhar com a Conmebol para alçar o torneio a um próximo nível e ajudá-lo a atingir seu pleno potencial", afirmou Soichi Takahashi, CEO da Dentsu.
A Copa América 2019 será disputada entre 14 de junho e 7 de julho. A Conmebol já divulgou que seis estádios farão parte do torneio, distribuídos em cinco cidades brasileiras. O Morumbi, em São Paulo, receberá o jogo de abertura, enquanto o Maracanã, no Rio de Janeiro, será palco da final.
Fonte: Máquina do Esporte

Andrés Iniesta vira canal de TV da Rakuten no Japão


Iniesta TV estará disponível na Rakuten Viki, serviço de streaming da marca japonesa



A ida de Andrés Iniesta para o Vissel Kobe, do Japão, teve como mentora a Rakuten, patrocinadora do Barcelona e dona do clube japonês. Agora, o ex-capitão do Barça terá um canal próprio de TV dentro da empresa japonesa. A Iniesta TV foi lançada nesta quinta-feira (27) e vai mostrar o cotidiano do jogador em seu novo clube.

O canal estará disponível na Rakuten Viki, serviço de streaming da marca japonesa. A partir de novembro, a Iniesta TV será recheada de conteúdos relacionados a futebol, inclusive com dicas de fundamentos dadas pelo próprio jogador. Além disso, os assinantes do serviço de streaming vão ficar sabendo como é a vida de Iniesta no Japão dentro e fora dos gramados e poderão participar de concursos para conhecer o astro espanhol.
De acordo com a Rakuten, o primeiro episódio da série exclusiva incluirá uma entrevista com o executivo-chefe da empresa, Hiroshi Mikitani. O conteúdo estará disponível na Rakuten Viki em inglês, espanhol e japonês, com novos episódios e artigos a serem adicionados regularmente.
No lançamento da série, os espectadores poderão desfrutar de uma seleção de conteúdo gratuito e pago. Além disso, serão convidados a aderir ao “Viki Pass”, plano de assinatura premium que oferecerá acesso ilimitado a todo o conteúdo da plataforma que esteja disponível na região do usuário, sempre em alta definição e sem publicidade.
O jogador parece estar gostando da ideia. Iniesta compartilhou um link para a plataforma de streaming em sua conta pessoal no Twitter. Dessa forma, fora de campo, o ex-astro do Barcelona segue o sucesso que vem alcançando nos gramados. Ele já marcou dois gols em oito jogos atuando pelo Vissel Kobe na J1 League.
Fonte: Máquina do Esporte

Bahia é mais um clube a apostar em marca própria no Brasil


Clube espera faturamento anual de R$ 4 milhões com lançamento da marca Esquadrão



O Bahia apresentou na noite desta quinta-feira (27) a Esquadrão, marca de roupas própria do clube, que antecipou o término do vínculo com a Umbro para fazer o lançamento.
Assim, o Bahia se junta a Fortaleza, Santa Cruz, Coritiba e Paysandu, entre outros, que também decidiram adotar uma linha própria de confecções para aumentar o faturamento e melhorar a entrega da distribuição do produto ao torcedor.
A estratégia do Bahia é, com a nova linha de roupas, ter uma margem maior de lucros com as peças vendidas. O Paysandu, primeiro clube de torcida regionalizada a adotar essa estratégia, consegue atualmente um faturamento de quase R$ 6 milhões por temporada, número que é alcançado apenas pelos clubes de maior torcida do país anualmente.
Antes da cerimônia em que os novos uniformes foram apresentados, o presidente do clube, Guilherme Bellintani, disse que a aposta já se mostrou vitoriosa financeiramente.
"Acabamos de bater no final da tarde o mesmo valor de royalties que tínhamos arrecadado em 2017 inteiro. Ou seja, antes do lançamento já atingimos a mesma quantia de valor de royalties correspondente a todo o ano de 2017", afirmou.
A expectativa é de que o clube consiga arrecadar cerca de R$ 4 milhões por ano com a linha própria, o que representaria cerca de quatro vezes mais do que acontece atualmente. 
O evento de lançamento, na Arena Fonte Nova, teve como mote a inclusão. Os modelos foram um representante da comunidade indígena, mulheres, um amputado e um sócio com síndrome de Down. Os uniformes também foram desenhados por torcedores.
Fonte: Máquina do Esporte

Alemanha derrota Turquia e será sede da Euro 2024


Torneio voltará a ser sediado por apenas um país e terá dez estádios



A Alemanha foi escolhida como sede da Euro 2024. Após uma série de polêmicas, a decisão final foi tomada em uma votação do Comitê Executivo da Uefa realizada em Nyon, na Suíça, nesta quinta-feira (27). A única concorrente à candidatura alemã era a Turquia, que acabou derrotada pela quarta vez em uma tentativa de sediar a principal competição entre seleções da Europa.
O torneio será o primeiro de grande porte a ser disputado em território alemão desde a Copa do Mundo de 2006. Em termos continentais, será a primeira vez que a Alemanha receberá uma Eurocopa como uma nação unificada. A última, em 1988, teve apenas a Alemanha Ocidental como sede, já que o país era dividido em duas partes pelo Muro de Berlim.
De acordo com o que foi apresentado na candidatura, que teve como embaixador o capitão da seleção alemã campeã mundial em 2014, Philipp Lahm, a Euro 2024 terá dez estádios em dez cidades (Berlim, Colônia, Dortmund, Dusseldorf, Frankfurt, Gelsenkirchen, Hamburgo, Leipzig, Munique e Stuttgart). No total, a Alemanha oferecerá uma capacidade de 2,78 milhões de lugares para os 51 jogos da competição.
Na escolha, o relatório de avaliação da Uefa resumiu a candidatura alemã como “de alta qualidade e está confortavelmente à altura das expectativas no que diz respeito a aspectos políticos, de responsabilidade social, sustentabilidade e direitos humanos”.
Isso porque os dez estádios já existem há algum tempo e precisam apenas de algumas “melhorias específicas”. Além disso, todas as cidades envolvidas possuem boas infraestruturas e são muito bem servidas em relação a transportes, hotéis e tudo que é necessário para receber uma competição da grandeza de uma Eurocopa.
Apesar da escolha convicta da Uefa, a candidatura também gerou muita polêmica. A primeira questão é financeira. Não foi dada isenção de impostos pelas autoridades alemãs a eventuais receitas associadas ao torneio, o que é sublinhado no relatório de avaliação da Uefa.
Para piorar, há também oposição em grupos da sociedade alemã. No último final de semana, durante a rodada da Bundesliga, houve várias manifestações contrárias a uma possível escolha da Alemanha espalhadas pelos estádios do país. Muitos fãs questionam decisões recentes da Bundesliga como mudanças de horários de jogos e partidas às segundas-feiras, dizendo que os interesses comerciais e televisivos estão sendo mais importantes que os interesses dos torcedores.
Além disso, há ainda quem se lembre da última candidatura vencedora do país, para a Copa do Mundo de 2006. Até hoje, a organização daquele Mundial recebe acusações de suspeitas de suborno e compra de votos.
Por fim, vale lembrar que, com a escolha da Alemanha para 2024, a Euro voltará ao seu formato mais comum, com apenas um país sendo sede da competição. Em 2020, a estrutura será completamente diferente, com 12 cidades de 12 países recebendo o torneio. A Alemanha fará parte e será representada pela Allianz Arena, em Munique.
Fonte: Máquina do Esporte

Dono do PSG investirá mais € 316 milhões no clube


Clube francês é atualmente um dos mais ricos da Europa e do mundo



Há um ditado por aí que diz que dinheiro chama dinheiro, certo? Pois esse ditado parece ser levado a sério no Paris Saint-Germain. Isso porque Nasser Ghanim Al-Khelaifi, dono do clube francês, teria prometido investir mais € 316 milhões em breve. As informações são da empresa francesa de mídia digital Wansquare.

De acordo com a publicação, a Qatar Sports Investments (QSI), braço esportivo do Qatar Investment Authority (QIA), fundo criado pelo governo do país asiático para investir em diversos projetos espalhados pelo mundo e que é comandado por Al-Khelaifi, quer injetar ainda mais dinheiro em seu principal investimento para alcançar objetivos maiores o mais rápido possível. Sabe-se que o principal deles é a conquista da Liga dos Campeões da Uefa.
A imprensa francesa, no entanto, sempre que surge o assunto sobre dinheiro no Paris Saint-Germain, fica reticente. O motivo são os resultados operacionais do clube no ano passado, quando o PSG fechou com um déficit de € 18,4 milhões e uma perda de lucro de € 6,8 milhões, embora o número de 2016 tenha sido ainda pior (€ 8,2 milhões).
Vale lembrar que, em 2017, o clube francês foi o responsável pela contratação mais cara da história do futebol (Neymar, por € 222 milhões) e ainda fechou com a estrela nacional Kylian Mbappé, por € 145 milhões.
Especula-se que, como o objetivo principal não foi alcançado e o time ainda começou com uma derrota na Liga dos Campeões desta temporada frente ao Liverpool, ficou decidido injetar mais dinheiro. Para se ter uma ideia do valor citado pela Wansquare, o QSI fechou a compra do PSG em 2011 por € 50 milhões, seis vezes menos do que pretende investir nos próximos meses.
Fonte: Máquina do Esporte

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Ronaldo focará no lado social e quer internacionalizar Valladolid


Fenômeno participou de grande evento da indústria do futebol em Madrid



O III World Football Summit, realizado em Madrid, na Espanha, nos últimos dois dias, teve um personagem principal: Ronaldo. O Fenômeno, que acabou de se tornar presidente do conselho e acionista majoritário do Valladolid, da Espanha, foi uma das presenças mais aguardadas do evento internacional que reuniu profissionais da indústria do futebol.
Como não poderia ser diferente, Ronaldo teve a nova aquisição como tema central de sua participação. O ex-jogador deixou claro que tem grandes ambições para o clube espanhol que completou 90 anos de história no último mês de junho. Entre elas, está a parte social. O Fenômeno quer que todas as crianças possam praticar o esporte que o consagrou.
“O futebol é muito pouco valorizado nesse sentido. Vai muito além do esporte e da paixão do povo. É um instrumento de credibilidade para toda a sociedade. O que eu quero é multiplicar as ações sociais. Que o máximo possível de crianças em nossa cidade pratique esportes. Vamos fornecer infraestrutura para que possam se desenvolver como pessoas e cidadãos”, explicou Ronaldo.
Outra questão que está na mira é a internacionalização do clube. O agora dirigente sabe do nome que tem no futebol e tem consciência de que é possível usar isso a favor do projeto que passou a encabeçar.
“Nosso projeto em Valladolid é que o clube tem que ser internacional, e não regional. Nós já estamos montando um escritório do clube aqui em Madrid. Vamos encontrar parceiros perfeitos para nós. Isso na parte comercial. Além disso, também convido todos a virem e curtirem um jogo, para aproveitar a região e os melhores vinhos do mundo, e para aproveitar a experiência que podemos oferecer a todos os fãs de futebol”, afirmou.
O Fenômeno também evidenciou que assumir a presidência de um clube de futebol é um desafio, mas que está gostando bastante de tudo até o momento.
“Aceitar esse desafio é uma honra e um orgulho. É uma equipe com muita tradição, um clube com uma cidade incrível por trás. O entusiasmo do povo nos facilita muito. É um ótimo passatempo com um grande potencial de crescimento. Esses são os aspectos que me fizeram acreditar neste projeto. Desse lado do futebol, você trabalha muito mais e cobra muito menos”, declarou o ex-jogador.
Ronaldo ainda afirmou que já vem tentando usar o nome que tem, além da simpatia e do carisma, mas que isso adianta pouco hoje em dia, pelo fato de haver sempre muito dinheiro envolvido. Por isso, o agora presidente sabe que se trata de um projeto de médio e longo prazo, e que será necessário ter paciência.
“Eu não quero colocar limites às nossas ilusões. Pode-se levar até três anos para ter um projeto concluído. Mas a velocidade depende de como fazemos isso na temporada. Estamos jogando a LaLiga, e a velocidade do projeto dependerá do fato de conseguirmos ou não a permanência. No entanto, mesmo que ocorra um rebaixamento, isso não mudará nossas ilusões”, disse.
Carlos Suarez, que foi mantido no cargo de presidente e cuida do dia a dia do Valladolid, foi só elogios para o novo dono do clube.
“O que se percebe de Ronaldo é o futebol em sua forma mais pura. Ele tem uma química incrível quando se trata de transmitir coisas. Sua figura é fundamental. Tínhamos que injetar algo diferente nos patrocinadores, nos torcedores, na cidade. Algum combustível. Quando vimos que ele gostava tanto do clube, foi um sinal de partida para tantas coisas que vamos melhorar. Ronaldo nos deu uma internacionalização e um impacto que nunca tivemos. As pessoas começaram a nos conhecer fora dos lugares típicos”, comentou Suarez.
Por último, Julio Senn, diretor geral da Senn Ferrero y Asociados, agência especializada em esportes e entretenimento que foi contratada por Ronaldo para ajudá-lo no projeto, explicou o que o ex-jogador encontrará pela frente na nova empreitada.
“Ronaldo apostou pessoalmente neste projeto. Ele queria enfrentar um novo desafio profissional e arriscar-se em uma nova etapa depois de sua carreira como jogador. Ele é um ícone no mundo esportivo e acredita que devemos profissionalizar o esporte. Para este novo desafio, Ronaldo aplicará técnicas sofisticadas de gerenciamento. Seu conhecimento do mercado e experiência é fundamental para o Valladolid. Ele também fornecerá um perfil mais internacional ao clube com este novo projeto”, concluiu o executivo.
Fonte: Máquina do Esporte

Arsenal renova com Konami e seguirá no PES 2019


Acordo ainda foi expandido, e ex-lendas do clube estarão no jogo pela primeira vez



O Arsenal anunciou nesta terça-feira (25) a renovação e expansão de seu acordo com a Konami. Dessa forma, o clube estará pelo segundo ano consecutivo no Pro Evolution Soccer (PES), que será lançado na próxima sexta-feira (28).
Como parte da ampliação do acordo, os gráficos dos jogadores do clube e do Emirates Stadium serão beneficiados com o escaneamento 3D. Outra novidade é que ex-lendas do clube participarão do jogo pela primeira vez. A Konami forneceu uma prévia dos novos aspectos do acordo recentemente, na montagem de uma partida de exibição entre as equipes do Arsenal Legends e do Real Madrid Legends.
“Estamos empolgados em oferecer aos nossos torcedores a oportunidade de experimentar tanto os jogadores quanto o Emirates Stadium com precisão ainda maior no jogo. Além disso, a oportunidade de invocar algumas lendas em nossa orgulhosa história para dar maior vida ao jogo também nos dá muita alegria”, afirmou Vinai Venkatesham, diretor geral do Arsenal.
“O Arsenal é um dos maiores e mais bem-sucedidos clubes do futebol mundial, por isso estamos entusiasmados em continuar nossa parceria com eles”, acrescentou Jonas Lygaard, diretor sênior de desenvolvimento de marcas e negócios da Konami Digital Entertainment.
A renovação da parceria com o Arsenal é apenas mais uma entre tantas que o PES tem feito nas últimas semanas. A última havia sido com o River Plate, cujo acordo ainda incluiu o nome do game nos números das camisas dos jogadores.
No Brasil, São Paulo (lado esquerdo do peito, abaixo do ombro) e Corinthians (barra frontal) também estamparam o nome do jogo de videogame em seus uniformes pelos novos acordos. Palmeiras, Flamengo e Vasco também assinaram com a Konami, mas o contrato não incluiu a publicidade nas camisas dos três clubes, mesmo caso do Arsenal.
Fonte: Máquina do Esporte

Manchester United alcança receita recorde de £ 590 milhões


Faturamento foi impulsionado por receita de TV e acordo com a Kohler




O Manchester United divulgou nesta terça-feira (25) um faturamento recorde de £ 590 milhões em seu último relatório financeiro que compreende o período entre julho de 2017 e junho de 2018. A receita é 1,5% maior do que a anterior, e o clube já especula que ultrapassará a barreira dos £ 600 milhões nesta temporada.
De acordo com o relatório, foram dois os motivos que elevaram o faturamento. O primeiro foi um aumento de 5,2% na receita de televisão, que subiu para £ 204 milhões no Reino Unido. O fato do time ter sido vice-campeão da Premier League na temporada 2017/2018 pesou quando o desempenho é comparado à temporada anterior, em que os Red Devils ficaram apenas na sexta colocação.
O segundo fator é a receita que entrou com patrocínios. Ao todo, foram sete parcerias fechadas no período, incluindo a primeira para a manga esquerda da história do clube, assinada com a fabricante americana de louças e metais Kohler.
Houve, no entanto, uma questão que o clube não esperava. A derrota para o Sevilla nas oitavas de final da Liga dos Campeões derrubou a receita no último trimestre em 16%. Caso o Manchester United tivesse seguido adiante na competição entre clubes mais importante do futebol mundial, o recorde da temporada seria ainda maior.
“Todos no clube estão trabalhando incansavelmente para aumentar os 66 troféus do Manchester United e os 25 troféus de José (Mourinho, técnico dos Red Devils). É isso que nossos fãs apaixonados e nossa história exigem. Nossa expectativa de aumento de receita para o ano demonstra o nosso contínuo e forte desempenho financeiro de longo prazo, que sustenta tudo o que fazemos e nos permite competir pelos melhores talentos em um mercado de transferências cada vez mais competitivo”, afirmou Ed Woodward, vice-presidente executivo do clube inglês.
Com o faturamento recorde, o Manchester United se mantém como time de maior receita do Reino Unido. Em segundo lugar está o Manchester City, que também teve a melhor temporada de sua história em termos financeiros, alcançando £ 500,5 milhões.
Fonte: Máquina do Esporte

Com "dono", Copa do Brasil reforça marca e cria até loja


Contrato entre CBF e Klefer quis criar uma nova era para a competição




No começo deste ano, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Klefer anunciaram o lançamento da nova identidade visual da Copa Continental do Brasil. A ideia, com isso, era criar uma nova era para a competição, a primeira a ter um tratamento do gênero entre os torneios da entidade. 
Agora, quando o torneio começa a entrar em sua reta final, os meios digitais se transformaram no caminho para fazer com que a Copa do Brasil ganhe uma nova identidade com o torcedor e consiga atingir um patamar inédito no país.
"Copa Continental do Brasil. O país inteiro joga". Esse é o mote do "manifesto" lançado pela competição, que procura mostrar que o torneio é o único a ter presença de clubes de todas as divisões e das cinco diferentes regiões do Brasil.
"Não é só uma marca nova. É algo muito maior. Esse trabalho de branding diz como a marca deve se comportar não só visualmente mas em todos os pontos de contato com o público", afirmou Gustavo Andrade, gerente de marketing da Copa do Brasil, em palestra durante o 2° Summit Digital da competição.
Para ampliar o alcance do público, a Klefer, agência responsável pela gestão comercial do torneio, apostou em parcerias digitais com Facebook e Twitter. Com o primeiro, o programa "Contos do Povo da Bola", que conta a história dos torcedores e dos times que disputam o torneio, foi a forma escolhida para engajar o fã. 
"Mesmo com a mudança de algoritmo, o número de visualizações e de compartilhamentos dos vídeos do projeto foi muito maior. Estamos muitos felizes com os resultados da parceria e especialmente com o 'Contos do Povo da Bola'", disse Felipe Koslowski, gerente de parcerias de esportes do Facebook na América Latina.
Com o Twitter, é feita a eleição do craque de cada partida desde as quartas de final. Isso ajuda no engajamento dos torcedores com a competição. Segundo Pitter Rodriguez, head de parcerias de esportes da plataforma, a Copa do Brasil é a terceira liga esportiva do país mais comentada no Twitter. Ela fica à frente de todos os torneios de futebol da Europa, além de bater NBA e NFL, entre outros.
A aposta no digital para reforço da marca da competição ganhou um novo capítulo este mês, quando foi lançada a loja virtual da competição. Com produtos que remetem à história do torneio, a Copa do Brasil é a única competição a ter uma linha de produtos próprios. Até 2022, a Klefer será responsável pela gestão comercial do torneio. E pelo trabalho de branding que tem sido feito até agora.
Fonte: Máquina do Esporte

Santos renova parceria com Brahma até setembro de 2019


Marca da Ambev segue fortalecendo laços com grandes clubes do futebol nacional



O Santos anunciou nesta terça-feira (25) a renovação do contrato de patrocínio com a Brahma, marca de cerveja da Ambev. O novo vínculo terá início na próxima segunda-feira (1o de outubro) e terá duração de um ano. Os valores do acordo, gerenciado pela agência Octagon, não foram revelados.

Clube e empresa fizeram um pequeno evento para comunicar a extensão do acordo. No CT Rei Pelé, em Santos, estiveram presentes o presidente do clube praiano, José Carlos Peres, o executivo de marketing e comunicação do clube, Marcelo Frazão, e o gerente de marketing esportivo da Ambev, Fred Fontes.
Com uma ligação antiga com o futebol, a Brahma tem reforçado cada vez a parceria com o Santos. Em 2017, a marca auxiliou os santistas na montagem da Fábrica de Campeões, academia do CT Rei Pelé, com a aquisição de novos aparelhos e remodelagem do espaço. Além disso, ainda ajudou na reforma dos vestiários da Vila Belmiro, em 2013, e na cobertura da calçada dos portões do estádio na Rua Princesa Isabel, em 2016.
Tudo isso foi possível por conta do chamado “Fundo Brahmeiro”, criado para arrecadar dinheiro para iniciativas de modernização dos clubes parceiros da Brahma. Com ele, a marca já ajudou outros grandes clubes nacionais, como São Paulo (obras para a conclusão do centro de mídia do Morumbi), Palmeiras (construção de um hotel no CT), Fluminense (criação de um centro de convivência para os atletas no CT), entre outros.
“A Brahma sempre teve uma longa ligação com o futebol brasileiro. Nesses 130 anos de história, procuramos apoiar cada vez mais esse esporte, que move os brasileiros. Queremos fortalecer ainda mais nossa parceria com os clubes e a seleção brasileira. A renovação desse acordo com o Santos mostra que estamos no caminho certo. Desejamos deixar um legado para os clubes, jogadores e torcedores”, afirmou Fred Fontes.
Pelo acordo, o torcedor santista também poderá “se aproveitar” do patrocínio. Por meio da parceria, os sócios-torcedores adimplentes do Santos terão descontos e benefícios em produtos da Ambev, como a própria cerveja Brahma, Empório da Cerveja e Chopp Brahma Express, além de produtos Bridgestone, Centauro, Copa Airlines, Movida e Pepsico, que são outras empresas parceiras do Movimento por um Futebol Melhor.
Fonte: Máquina do Esporte

River Plate fecha com Konami e terá PES 2019 na camisa


Marca do jogo Pro Evolution Soccer 2019 estampará números nas costas




O River Plate estreou no último final de semana, justamente no maior clássico argentino diante do Boca Juniors, uma parceria com a Konami. O jogo Pro Evolution Soccer (PES) 2019 estampará os números nas costas da camisa dos jogadores. Os valores e a duração do patrocínio não foram divulgados.
Com o acordo, a marca do PES se junta a outros patrocinadores que figuram no uniforme do clube argentino. A multinacional chinesa de tecnologia Huawei está nas mangas, enquanto a marca de desodorante Axe, da Unilever, estampa o calção. A Adidas é a fornecedora de material esportivo.
Curiosamente, apesar dos aportes, o clube não possui um patrocinador máster desde a metade do ano, quando o contrato com o grupo bancário espanhol BBVA chegou ao final. A instituição bancária foi o aporte principal do time por seis anos.
O River Plate é mais um grande clube da América do Sul que coloca o PES 2019 na camisa. No Brasil, São Paulo (lado esquerdo do peito, abaixo do ombro) e Corinthians (barra frontal) também estamparam o nome do jogo de videogame em seus uniformes. O Palmeiras também assinou com a Konami, mas o contrato não incluiu a publicidade na camisa alviverde.
Dentro de campo, o patrocínio deu sorte ao River Plate. No “Superclásico”, o clube bateu o Boca Juniors em pleno estádio La Bombonera por 2 a 0 e, de quebra, ultrapassou o arquirrival na classificação da Superliga Argentina. Agora, o River é quinto, enquanto o Boca é sexto.
O time ainda disputa a Copa Libertadores. Nas quartas de final, empatou com outro argentino, o Independiente, fora de casa, por 0 a 0. A decisão da vaga nas semifinais será no estádio Monumental de Nuñez, no próximo dia 2 de outubro.
Fonte: Máquina do Esporte


TCL adquire naming rights de Copa Internacional Sub-17


A empresa de tecnologia chinesa TCL deu mais um passo no objetivo de impulsionar sua marca no Brasil por meio do esporte. A companhia adquiriu os naming rights da Copa Internacional Sub-17, que começou nesta segunda-feira (24) e irá até 1o de dezembro.
O torneio, que será chamado de Copa Internacional TCL Sub-17, é fruto de uma parceria entre Brasil e China. De acordo com a empresa, “o campeonato reitera o já comprovado sucesso da união entre a criatividade brasileira e a eficiência chinesa, e busca fomentar a formação de jovens futebolistas chineses e preparar os melhores jovens futebolistas do estado de São Paulo para a temporada de 2019”.
A iniciativa é do Desportivo Brasil, clube revelador de talentos, que tem como um de seus parceiros o Shandong Luneng, um dos maiores clubes chineses.
Vale lembrar que a própria marca TCL é uma parceria entre Brasil e China em território brasileiro. A empresa chinesa chegou ao país em 2016 e se juntou à brasileira SEMP, formando a joint venture SEMP TCL, que está presente no mercado também com a marca Toshiba. Desde então, a multinacional optou pelo futebol como alavanca para crescer no Brasil.
“A marca desempenha um importante papel junto ao futebol construindo pontes desde a base, que é fundamental tanto para revelar novos talentos como para formar cidadãos”, afirmou Ricardo Freitas, presidente da SEMP TCL.
“Acredito que a união entre as duas organizações tem tudo para ser duradoura, em razão de ambas serem chinesas (TCL e Shandong Luneng) e da política da TCL em apoiar o futebol, em especial jovens atletas”, disse Marcelo Lima, gerente geral do Desportivo Brasil.
No futebol brasileiro, a TCL já fez aportes pontuais a Botafogo e Fluminense, e ainda firmou um contrato com a CBF para patrocinar os uniformes dos árbitros em todas as competições organizadas pela entidade (Séries A, B, C e D do Brasileiro, Copa do Brasil e todos os torneios de futebol feminino), além da Copa São Paulo de Futebol Júnior e a Copa do Nordeste.
No início do mês passado, ainda decidiu arcar com os custos da implementação do VAR nas fases finais da Copa do Brasil. Em troca da exposição nos 14 jogos finais da competição, a marca investiu R$ 700 mil.
Para completar, em fevereiro, alguns meses antes da disputa da Copa do Mundo da Rússia, a multinacional chinesa contratou Neymar como novo embaixador global. Dois meses depois, em abril, fechou patrocínio com o atacante Rodrygo, que assim como o hoje camisa 10 do PSG, é uma promessa do Santos que irá em breve para a Europa e deverá fazer muito sucesso pelo Real Madrid, time que já o contratou.
A Copa Internacional TCL Sub-17 vai reunir mais de 200 atletas de clubes tradicionais do estado de São Paulo (São Paulo, Palmeiras, Corinthians, Red Bull Brasil, São Bernardo, Ituano e Oeste), além, é claro, do Shandong Luneng. São esperadas mais de 200 mil pessoas ao longo da competição, que contará com quatro fases e tem o apoio da Federação Paulista de Futebol.
Fonte: Máquina do Esporte

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Tottenham assina com Hugo Boss até o final da temporada


Marca de moda alemã tem usado esporte como estratégia de internacionalização



O Tottenham assinou contrato com a marca de moda alemã Hugo Boss, que será responsável por fornecer toda a parte de roupas formais do clube durante o restante da temporada 2018/2019. Os valores da negociação não foram divulgados.
Como parte do acordo, a equipe inglesa terá ternos exclusivos, compostos por peças com camisa e gravata da linha “Create Your Lock” (“Crie Seu Armário”, em tradução livre), uma coleção que puxa para o lado do esporte e permite combinar diferentes calças, coletes e paletós.
“Esta é uma parceria emocionante entre duas marcas icônicas e de prestígio. Todos no clube, incluindo nossos jogadores, treinadores e todo o staff, estão entusiasmados em usar Hugo Boss durante a temporada”, afirmou Fran Jones, diretor de parcerias do Tottenham.
“O Tottenham Hotspur compartilha nossos valores essenciais de inovação, excelência e sucesso. Essa parceria fortalece nossa conexão de longa data com o mundo do futebol como parte nosso programa global de patrocínio esportivo”, declarou Stephan Born, diretor geral da Hugo Boss para o Norte da Europa, Oriente Médio e Índia.
A parceria entre clube e marca surge seis meses após a Hugo Boss ter assinado com o atacante Harry Kane, capitão dos Spurs e da seleção inglesa, como seu novo embaixador global. O brasileiro Philippe Coutinho foi outro escolhido pela marca para representá-la mundo afora.
A Hugo Boss utiliza o esporte, em especial o futebol, como estratégia de internacionalização da marca desde 1995. Atualmente, a empresa alemã tem contratos com Real Madrid, Bayern de Munique, Paris Saint-Germain, Roma e Spartak Moscou, entre outros.
Fonte: Máquina do Esporte

Fórum reforça mundo digital na Copa do Brasil


Gestora comercial do torneio promoverá encontro nesta segunda-feira (24)




Na próxima quarta-feira (26), a Copa do Brasil define os dois finalistas da competição. Dois dias antes, a Klefer, gestora comercial do torneio, decidiu criar um encontro para reforçar as ações digitais e os patrocínios fechados por ela para a edição 2018 do campeonato.
Um fórum em São Paulo, só para convidados, servirá para mostrar resultados das parcerias com Twitter e Facebook e, também, para anunciar dois novos acordos: um com a plataforma de transmissão Twitch e outro com o portal Torcedores.com.
A realização do fórum mostra uma nova fase da Copa do Brasil. No ano passado, na primeira edição do evento, a Klefer procurou reforçar o acordo com a Globo, que foi renovado para esta temporada e é o grande responsável pela premiação recorde que a competição trará este ano, de R$ 50 milhões para o time campeão. O evento contou com palestrantes da emissora e abordou um pouco as ações digitais realizadas pelos então finalistas do torneio: Flamengo e Cruzeiro.
Agora, a ideia é reforçar a própria competição. Não haverá palestra com nenhum representante da Globo, enquanto o encontro terá a presença de representantes das principais redes sociais, do gerente de marketing da Copa do Brasil e, também, dos executivos dos três principais patrocinadores do torneio: Continental, Elo e Bodog. Cada um deles mostrará resultados obtidos dessas parcerias.
O evento deste ano será apresentado pelo jornalista Mauro Beting, que também vai encabeçar a parceria firmada pela Copa do Brasil com o Torcedores.com. O acordo entre os dois prevê a criação de um curso para formar jornalistas que vão trabalhar na cobertura da competição, além de parceria de conteúdo com o portal.
Outro acordo que será detalhado no evento é com a plataforma Twitch, a principal ferramenta para transmissão de games no mundo e líder também no Brasil. Em parceria com a Copa do Brasil, será criado o projeto "Go Live", que será apresentado por Matt Pereira, diretor de vendas da plataforma.
Haverá ainda um bate-papo envolvendo os gestores das redes sociais dos quatro semifinalistas do torneio: Corinthians, Cruzeiro, Flamengo e Palmeiras. O foco da conversa é falar sobre como são tratadas as rivalidades dentro das redes sociais.
Em 2017, Flamengo e Cruzeiro criaram uma série de ações digitais antes dos dois jogos decisivos. A final poderá ser repetida em 2018. Para isso, o Flamengo precisa ganhar do Corinthians, enquanto o Cruzeiro pode empatar com o Palmeiras.
Fonte: Máquina do Esporte