Cabeçalho

Logotipo

terça-feira, 16 de outubro de 2018

ESPN e TCL criam categoria para árbitros no Bola de Prata


Prêmio "Apito de Ouro" será patrocinado pela multinacional de tecnologia




A ESPN divulgou nesta segunda-feira (15) que ampliará sua parceria com a joint venture SEMP TCL no Bola de Prata, maior premiação do futebol nacional, que ocorre após o término do Campeonato Brasileiro, em dezembro. A 49ª edição da cerimônia seguirá com os naming rights da Sportingbet, mas terá pela primeira vez o prêmio “Apito de Ouro”, criado especialmente para reconhecer o melhor árbitro do torneio. A premiação terá o patrocínio da TCL.
Pela primeira vez na história, os árbitros estão sendo avaliados por meio de critérios técnicos em todas as 380 partidas do Campeonato Brasileiro, inclusive com diferenciação de pontuação mediante o grau de dificuldade dos jogos. O juiz mais regular do campeonato será eleito por uma comissão julgadora composta por jornalistas da ESPN e Sálvio Spínola, ex-árbitro e atual comentarista da emissora.
“A premiação reforça o papel que a SEMP TCL desempenha junto ao esporte. Comprometemo-nos com o futebol, uma paixão nacional, desde as categorias de base até atletas de alcance global e plataformas de apoio aos profissionais de arbitragem. Estar presente em mais esse momento do esporte se conecta ao propósito de nossas ações, que é aliar alta performance à alta tecnologia”, explicou Ricardo Freitas, presidente da SEMP TCL.
“É gratificante para a ESPN estender a parceria com a SEMP TCL para o maior e mais tradicional evento de premiação dos melhores do Campeonato Brasileiro. Além de reconhecer os jogadores que se destacaram em cada posição, passamos a reconhecer o melhor técnico e agora será a vez de ressaltar o trabalho da arbitragem que está cada vez mais em evidência”, afirmou Rafael Davini, vice-presidente de Ad Sales da ESPN no Brasil.
Vale lembrar que, atualmente, o embaixador global da TCL é o atacante Neymar. Em âmbito nacional, o embaixador é outro atacante, Rodrygo Goes, do Santos, que já está vendido para o Real Madrid.
No futebol brasileiro, a marca já fez aportes pontuais a Botafogo e Fluminense, e ainda firmou um contrato com a CBF para patrocinar os uniformes dos árbitros em todas as competições organizadas pela entidade (Séries A, B, C e D do Brasileiro, Copa do Brasil e todos os torneios de futebol feminino), além da Copa São Paulo de Futebol Júnior e a Copa do Nordeste.
No início de setembro, ainda decidiu arcar com os custos da implementação do VAR nas fases finais da Copa do Brasil. Em troca da exposição nos 14 jogos finais da competição, a marca investiu R$ 700 mil.
A parceria com a ESPN vem desde 2017 e está focada nos programas de jornalismo da emissora voltados à cobertura do futebol, como Bate-Bola, Linha de Passe e SportsCenter.
Fonte: Máquina do Esporte

0 comentários :

Postar um comentário