Cabeçalho

Logotipo

terça-feira, 16 de outubro de 2018

LaLiga renova com Mazda até 2020 e Perform até 2023


Entidade quer aumentar receitas de patrocínio a curto e médio prazo




A LaLiga anunciou nesta quarta-feira (10) a renovação do patrocínio da montadora japonesa Mazda, iniciado em 2015, até o final da temporada 2019/2020. Além disso, também prorrogou o contrato com o grupo Perform, dono dos direitos exclusivos de transmissão por streaming para casas de apostas, até o final da temporada 2022/2023.

Com a relação à Mazda, o novo contrato é válido para a LaLiga Santander, primeira divisão do país, e também para LaLiga 1|2|3, a segunda divisão espanhola. A renovação, que não teve os valores divulgados, mantém a montadora japonesa como dona dos veículos oficiais das duas competições.
“Este acordo com a Mazda reflete o compromisso com a tecnologia e a constante renovação em que a LaLiga está inserida. A parceria com a Mazda é outro exemplo do compromisso e esforço da LaLiga para se aproximar das marcas líderes em seus setores”, declarou Javier Tebas, presidente da entidade.
“A Laliga é um dos torneios mais famosos do mundo e tem as melhores equipes e os melhores jogadores, enquanto a Mazda é uma marca que, nos últimos tempos, ficou conhecida como uma referência de tecnologia”, afirmou José María Terol, presidente e CEO da Mazda na Espanha.
Com a renovação, a LaLiga aumenta as chances de ultrapassar as receitas de patrocínio conquistadas na temporada 2016/2017, considerada a melhor para a entidade. À época, 67,6% da renda obtida veio de patrocínios e licenciamentos (cerca de € 38,2 milhões).
Atualmente, além da montadora japonesa e do Santander, que é dono dos naming rights do torneio, a LaLiga tem acordos com marcas como Allianz, Danone, EA Sports, Nike, Rexona, Samsung e TAG Heuer, entre outras.
A entidade também divulgou que a parceria com o grupo Perform também foi expandida, e a multinacional britânica permanecerá com direitos exclusivos de transmissão por streaming para casas de apostas por meio de sua plataforma DAZN. O contrato segue sendo global, exceto para Espanha, Andorra e a região do Oriente Médio e Norte da África, locais em que a LaLiga trabalha com outras empresas de mídia.
Fonte: Máquina do Esporte

0 comentários :

Postar um comentário