Cabeçalho

Logotipo

sábado, 17 de novembro de 2018

NEW YORK RED BULLS, DA MLS, BUSCA NAMING RIGHT PARA O SEU ESTÁDIO


Se negociado, seria o primeiro clube do portfólio da marca a ter um estádio que não leva o seu nome



Em uma mudança de estratégia pouco comum aos clubes do portfólio da marca, o New York Red Bulls, clube da Major League Soccer (MLS), está considerando negociar um acordo de naming right para a Red Bull Arena após iniciar negociações com empresas de apostas.

De acordo com o SportsBusiness Journal, a ideia da franquia da MLS nasceu há três temporadas e, desde então, vêm ganhando força nos bastidores. Relatórios sugerem que um acordo, que seria negociado pela Fenway Sports Management, possa valer aproximadamente US $ 4 milhões por ano.

Se confirmado, esta seria a primeira vez que um clube do portfólio da marca de energético teria um estádio que não levasse o seu nome. O RB Leipzig e o Red Bull Salzburg, por exemplo, atuam na Red Bull Arena da Alemanha e Áustria, respectivamente.

“Se pudermos encontrar um parceiro ou parceiros que possam nos ajudar a melhorar a experiência dos torcedores por meio do jogo, estamos dispostos a conversar”, disse o gerente geral da equipe, Marc de Grandpre.

Vale lembrar que a casa do NY Red Bull fica em Nova Jersey, o que faz da equipe a única da MLS a jogar dentro de um estado em que as apostas foram legalizadas, após a decisão da Suprema Corte sobre apostas esportivas nos Estados Unidos. O New York Jets, da NFL, já aproveitou a liberação e fechou acordos com a MGM Resorts e o cassino 888.com.

Fonte: MKT Esportivo

0 comentários :

Postar um comentário