Cabeçalho

Logotipo

sábado, 24 de novembro de 2018

Real Madrid fecha patrocínio regional com banco chinês


Primeira ativação da parceria foi a criação de cartões de crédito personalizados




Assim como muitos dos grandes clubes de futebol do planeta, o Real Madrid está cada vez mais de olho no incipiente mercado asiático. O clube espanhol anunciou nesta quarta-feira (21) um novo patrocínio regional específico para a China. A parceria será com o banco China Citic Bank.

O evento para a assinatura do contrato foi realizado em Pequim e contou com as presenças de Emilio Butragueño, ex-jogador e atual diretor de relações institucionais do clube, e Roberto Carlos, ex-lateral e um dos maiores ídolos da história madrilena. A instituição financeira foi representada por seu vice-presidente, Guo Danghuai.
"A China está entre os mercados mais importantes para o Real Madrid. Sempre nos comprometemos com uma melhor comunicação e interação com nossos fãs em todo o mundo e aqui nunca seria diferente", afirmou Butragueño.
A primeira ativação da parceria já anunciada foi a criação de cartões de crédito personalizados, mas a promessa é que muitas outras serão divulgadas em breve. Os valores e a duração exata do contrato não foram revelados, mas a imprensa espanhola especula que o acordo deve girar em torno de € 2 milhões anuais.
Esta é a primeira vez que o Real Madrid fecha um acordo desse tipo na China, país que tem sido alvo de muitos grandes clubes nos últimos anos. O próprio clube merengue já havia dado um primeiro passo em território chinês ao promover o futebol por meio da escolinha de futebol de uma universidade. Há ainda um acordo para que os madrilenhos construam um parque temático no país nos próximos anos.
A estratégia de fechar parcerias regionais, no entanto, já é antiga pelos lados do Santiago Bernabéu. Agora, além da China, o Real Madrid ainda possui patrocinadores regionais em outros quatro países: CaixaBank, Coca-Cola, Codere, Sanitas e Solán de Cabras (Espanha), Saudi Telecom Company (Arábia Saudita), e as cervejarias Tecate (México) e Star (Nigéria).
Fonte: Máquina do Esporte



0 comentários :

Postar um comentário