Cabeçalho

Logotipo

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Uefa e clubes europeus descartam criação de "Super Liga"


Entidade e associação de clubes revelaram que continuarão juntas




A Uefa, entidade que organiza o futebol europeu, e os clubes do continente descartaram nesta terça-feira (20) a possibilidade de criação de uma "Super Liga". Aleksander Ceferin, presidente da Uefa, e Andrea Agnelli, presidente da Juventus e também da Associação Europeia de Clubes (ECA, na sigla em inglês), revelaram que continuarão caminhando lado a lado e que não haverá nenhuma outra competição além das que já existem no continente.

"A criação de uma Super Liga está fora de qualquer debate. Quase ninguém discutiu isso em 2018 e, no futuro, também não organizarei nenhuma competição privada e secreta", declarou Aleksander Ceferin, após uma coletiva de imprensa organizada em Bruxelas.
"Somos felizes como somos. Não houve conversas sobre a Super Liga em 2018. Aliás, não há conversas sobre a Super Liga desde 2015. Com a Uefa, temos todos os elementos para trabalhar felizes juntos", afirmou Andrea Agnelli.
As declarações surgem cerca de duas semanas após uma reportagem da revista alemã "Der Spiegel"ter trazido à tona documentos vazados pela plataforma "Football Leaks", que confirmaram conversas para o projeto de uma "Super Liga" virar realidade em 2021.
Segundo os documentos vazados, o torneio seria formado por 11 times fixos (Real Madrid, Barcelona, Manchester United, Manchester City, Chelsea, Arsenal, Liverpool, Paris Saint-Germain, Juventus, Milan e Bayern de Munique) e ainda contaria com cinco convidados, que seriam Atlético de Madrid, Olympique de Marseille, Inter de Milão, Roma e Borussia Dortmund.
Fonte: Máquina do Esporte

0 comentários :

Postar um comentário